AVDs na Doença de Parkinson – Alimentação

Como a Terapia Ocupacional pode auxiliar parkinsonianos na alimentação, reduzindo acidentes, derrubada de alimento, engasgos e otimizando o desempenho ocupacional nessa atividade de vida diária, que é fundamental para o bem estar e qualidade de vida?

Tratamento multidisciplinar na Doença de Parkinson – atuação da Terapia Ocupacional

A Terapia Ocupacional tem como principal objetivo de tratamento promover a autonomia e independência de seus pacientes. Na Doença de Parkinson o Terapeuta Ocupacional atua de forma generalista, reabilitando o parkinsoniano nos seus diversos contextos de vida (AVDs, AIVDs, lazer e trabalho). Para isso se utiliza de avaliações padronizadas, específicas para a Doença de Parkinson, além

Tala de garrafa pet para posicionamento manual

Esses sintomas comprometem a funcionalidade, a destreza, a coordenação fina, a independência e a qualidade de vida dos pacientes. Pensando nisso e pensando na população mais carente, enquanto eu atuei num hospital SUS específico para população idosa, desenvolvi uma tala de posicionamento que não custa praticamente nada e eu quero compartilhar com vocês!

Late afternoon – o curta, que trata de demência, indicado ao Oscar

Um filme poético e extremamente melancólico, Late Afternoon mergulha na mente confusa de uma idosa, cujas memórias, afetadas provavelmente pela doença de Alzheimer, se misturam entre diferentes fases de sua vida.

Recortes de objetos e cores servem para despertar pedaços de recordações da protagonista, em um recurso visual criativo e ao mesmo tempo sensível.

O uso de cores e formas dão uma beleza poética ao curta, que busca equilibrar o sentimento de tristeza e desamparo com a ideia de que ainda existem momentos breves, nem que seja em um fim de tarde, que dão sentido à vida.
Fonte Setcenas

Uso de Florais na Doença de Parkinson

Os florais podem trazer benefícios na recuperação do paciente com Parkinson, porque agem nas emoções, pensamentos e comportamento. Sabe-se o quanto a exacerbação de sintomas motores parkinsonianos tem relação com o estado emocional e tensional dos pacientes.