Tecnologia Assistiva para abrir potes

Neste vídeo apresento um recurso de Tecnologia assistiva, auxilia idosos demais pessoas com fraqueza manual, assim como pessoas que tem força manual normal, mas sofrem ou passam por dificuldade para abrir potes de conserva.
Indicações: reumáticos, ortopédicos, neurológicos, com doenças como: artrite, artrose, parkinson, ELA, entre outras.

ARTIGO “Doença de Parkinson: o tratamento terapêutico ocupacional na perspectiva dos profissionais e dos idosos”

A combinação de sintomas físicos, mentais e emocionais, que afetam os ambientes sociais, familiar e de trabalho, sugere que uma intervenção padronizada, ‘tamanho único’ trará resultados limitados. Se é que trará algum.” (Aragonn A., Kings J.) Não precisamos nem devemos ser iguais, isso é impossível, os pacientes não serão iguais, mas temos que falar a mesma língua e deixar isso claro para o nosso paciente

Tratamento multidisciplinar na Doença de Parkinson – atuação da Terapia Ocupacional

A Terapia Ocupacional tem como principal objetivo de tratamento promover a autonomia e independência de seus pacientes. Na Doença de Parkinson o Terapeuta Ocupacional atua de forma generalista, reabilitando o parkinsoniano nos seus diversos contextos de vida (AVDs, AIVDs, lazer e trabalho). Para isso se utiliza de avaliações padronizadas, específicas para a Doença de Parkinson, além

Doença de Parkinson – Calçador

Vamos iniciar uma nova série de posts relacionados às tecnologias assistivas existentes e como elas podem promover mais função e autonomia aos parkinsonianos. Esses recursos são amplamente prescritos para população geriátrica em geral. Apesar do post ser inicialmente direcionado para Parkinson, vou orientar os usos de forma geral. O calçador é indicado por Terapeutas Ocupacionais

1º curso sobre Doença de Parkinson para Terapeutas Ocupacionais

Curso de formação, pela primeira vez no Brasil! Com carga horária de 16hs e conteúdo exclusivo. Ministrado pela Terapeuta Ocupacional Andressa Chodur, que há 13 anos atende pacientes com esse diagnóstico. Conteúdo Sábado 8h00 – Recepção 8h30 – 10h00 – Introdução à DP: fisiopatologia, sinais e sintomas, classificações, parkinsonismos, possibilidades de tratamento (2hs/aula) 10h00 –